Skip to content

Como cortar unha de gato

22/07/2012

Para este passo a passo, você vai precisar de:

- Um gato com unhas compridas.

- Um cortador de unha de gatos. O acessório usado em casa foi comprado na Cobasi, por algo como R$ 20 (no site não tem o link).

O mais importante nessa história toda é saber que as unhas dos gatos têm veias em sua base (uma espécie de triângulo vermelho). Mantenha distância delas para não machucá-los. A regra aqui é clara, Arnaldo: corte somente as pontas das unhas, na região transparente, ficando longe dessa área avermelhada.

Mingau felizão em sua sessão de manicure. Só que não.

O manicure oficial dos bigatos aqui em casa é o Alê – minha falta de firmeza impede que eu pratique uma atividade tão radical. Por isso, listo aqui embaixo o que diz o (meu) especialista (que até usou frases pomposas durante a entrevista, como: “de posse do alicate…”).

- Além de um gato e um cortador, Alê reforça que é importante ter firmeza. “Tem que cortar, não interessa se o gato quer ou não.” Pobres bigatos!

- Coloque o bicho no seu colo, com a barriga para cima. Ele deve ficar em uma posição em que não consiga fugir.

- Nas sessões de manicure aqui em casa, o Alê usa sempre um antebraço para segurar duas patas (as de trás, quando estiver cortando as unhas da frente, e vice versa).

- Aperte a almofadinha da pata, para as unhas “abrirem”. Isso facilita o corte.

- Corte as unhas dos gatos sempre em um lugar com bastante luz, para enxergar as veias (e ficar longe delas).

- As unhas das patas traseiras são muito mais gastas: às vezes, nem precisa cortar.

Aqui você encontra mais dicas sobre gatos

Por Juliana Francesinha

About these ads
15 Comentários leave one →
  1. Helda permalink
    23/07/2012 4:36 PM

    Algo que faço e quase sempre dá certo é aguardar um momento em que percebo que os gatos estão “mais calmos”, geralmente dormindo. Se eles estiverem muito agitados não me deixam chegar perto, já que reconhecer o cortador.
    Mas, quando já estão calminhos permitem que eu corte as unhas sem problema, até deitam enquanto rola a “sessão”.
    Já aconteceu de eu ter protelado muito o corte e não estar com tempo para aguardar a “calmaria” e então tenho que fazer as coisas a contragosto mesmo. Neste caso, enrolo o gato da vez em uma cobertinha, imobiliando as patas ociosas e deixando de fora só a que será cortada.Além de mantê-los imóveis, istomeio que os acalma e permite que “tarefa” seja realizada com sucesso.
    Seja como for, reforço as dicas da Juliana: faça o corte em local claro e afaste as almofadinhas, para visualizar bem as unhas, e CUIDADO com a parte rosa delas, que é MUITO IRRIGADA. Se esta parte for cortada, vai sangrar bastante e ainda há risco de infecção.
    Um abraço,

    • 23/07/2012 7:48 PM

      Dica da toalha é ótima.
      Se um dia meu manicure se enfezar, tentarei dessa forma (tomara que não seja necessário). ;)

  2. 23/07/2012 8:17 PM

    Adoro esse diario, é muito legal o humor que você coloca ( pricipalmente nas legendas das fotos). Parabéns para você e seus bigatos que são lindos!

  3. Beatriz Romani permalink
    27/07/2012 2:05 AM

    Nossa, adorei muito!!! é sempre um momento revolta do meu gato quando tenho que cortar as unhas. Ele fica muito frustrado quando tenta escalar o sofá e so consegue se pular hahahaha

  4. Débora Osti Fonseca permalink
    18/09/2012 5:38 PM

    Adorei o diário!! Tenho uma gata que fez parte da minha infância e quando me casei ficou com a minha mãe (ela é velha – 17 aninhos – e iria sofrer demais se tirasse ela de uma casa para um apto). Não contente adotei uma bichana linda, minha Abgail. Encontrei o link pelo google, pois quero tentar convence-la a não dormir na minha cama!! Rss
    Já salvei o link nos favoritos e com certeza vou estar sempre de olho nas dicas!! Parabéns pela iniciativa!!

  5. Mariana permalink
    19/09/2012 12:39 AM

    ótimas dicas, adorei! meu gato é branquinho assim igual o seu e também se chama mingau, awn *-* rsrsrs

  6. samiraabreu permalink
    17/11/2012 3:02 PM

    Toth também detesta que eu corte suas unhas, e é sempre um show à parte esse momento… corto somente as pontinhas afiadas elas continuam longas e funcionais, só um pouco menos perigosas… Mas tem que ter muita coragem e firmeza realmente… Toth ronsna, grita, esperneia, sopra, ameaça morder, faz um escândalo!!! … hahahahaha, toalhinha??? Ele tem dentes muito afiados tb… hehehehehhe! Acho que só eu consigo a façanha com ele, não recomendo a mais ninguém tentar, tenho certeza que no caso dele o resultado seria desatroso… Mas quando acabo sempre dou o Whiskas Sachê, e ele me perdoa imediatamente! rsrsrsrsr

  7. 25/02/2013 10:12 AM

    Whiskas Temptations é uma boa dica.Eu dou o petisco, começo, dou outro e depois termino. Consegui cortar as unhas da minha Donatela de uma vez só, a segunda pata foi super rápida e ela nem se mexeu…

  8. 29/05/2013 2:35 PM

    Coisa boa é bicho! Só trazem alegria. Conheci esse blog, achei muito legal e útil. Em casa, acabei adotando mais uma gata, porém ela vive atacando a minha gata preferida, elas não podem se ver, e já estão convivendo a uns 4 meses. Tenho tentado deixar uma próxima a outra e dar carinho para duas, mesmo assim as vezes a gata nova bate na outra. Pensei se ajudaria lixar as unhas dela, se isso ajudaria elas a não se machucarem caso briguem. Se alguém já tiver experiência nessa problema e puder compartilhar, agradeço. E parabéns pelo blog

  9. Jordana permalink
    08/07/2013 7:16 PM

    Nossa! Gosto muito desse blog!
    Eu corto a unha dos meus gatos com cortador de unhas normal( para humanos) e sempre quando eles estão dormindo, não vejo diferença nenhuma.

  10. 05/11/2013 4:30 PM

    Oi Juliana,

    Dei de caras com o seu blog sobre estes magníficos animais :) Já aprendei mais sobre estas dicas :D

    Tenho 10 gatos, 7 estão comigo e 3 em casa da minha filha :)

    Quatro são machos.

    Todos os meses corto as unhas deles, quer dizer, a 4 não consigo… não deixam mesmo.
    Tenho um corta unhas igual ao que o vet usa, é mais comprido e ajuda a ver bem as patinhas e as unhas e cortar sem magoar as almofadas e a curvatura é tão eficaz, que se encaixa apenas na pintas das unhas.

    A Kiara só vet consegue com 3 pessoas a segurar nela. . Depois o Yuri tem dias… só consegui cortar as unhas dele 1 vez! A semana passada só consegui cortar as unhas de uma pata.

    O Bigodes, ainda não deu… ele é tão medroso que foge a sete pés. É o mais novo aqui em casa :)

    A Mimi é uma gata muito chata com o Bigodes, está sempre a bater-lhe e no mal o menos, corto as unhas à Mimi.

    Cortar as unhas deles, é pacífico com 6 deles. Os outros é para esquecer.

    O Garfield é um gato muito possante e quando está em dia não, não aceita festas e arranha. Outros dias anda tão meloso de volta das minhas pernas a pedir festas que chego a tropeçar nele. Ele vem a correr que nem doido e já estive em risco de dar grandes quedas :)

    O Garfield é tão bravo que quando chegou a hora de cortar as unhas, o vet me sugeriu dar para ele aqueles comprimidos que se dão aos bichanos quando precisam de viajar. Pois é… com o Garfield foi muito cómico e ao mesmo tempo stressante. O vet disse para dar 1/4 de comprimido para ele ficar ensonado e tentar cortar. Qual quê! Não funcionou. Liguei para o vet e ele disse “dá 1/2 comprimido, porque ele é muito robusto”.

    Também não funcionou. Ele ficava meio grogue, a caminhar de lado, como se estivesse bêbedo, a real comédia, ehehehe. Mas como se sentia meio fragilizado, ficava mais agressivo ainda.
    Tentei mais uma vez, e nada. era a pior revolta possível. Até que uns dias depois passei a 1 comprimido inteiro, e nada. Depois foi a 1 comprimido e meio. E nada! Fiquei tão espantada com a resistência do Garfield, mas resolvi não dar mais. Não quero prejudicar o bichano.

    Ele já estava tão zonzo, que resolvemos envolvê-lo numa manta. Que nada! Ó fera! Então éramos 2 pessoas a segurar nele, e a berraria foi tão grande que parecia que estávamos a matá-lo.

    Essa experiência durou uns 3 meses, até que eu resolvi não continuar a fazer isso. Era muito traumático para o bichano. Falei com o vet e levámos o Garfield para cortar as unhas. Pasmando… 3 pessoas a segurar nele e não conseguiu cortar as unhas dele.

    Então o vet chegou à conclusão que não adiantava fazer o bichano sofrer e a única alternativa era sedá-lo. E assim foi. Virou um bichano dócil, calminho… ahahaha, mas só sedado mesmo.

    Como não quero estar sempre a sedar o gato, a manicure dele é mais espaçada. Aos outros 3 resistentes, vou levando na calma, porque não são de brigas. Só a Mimi é que é maluca e bate na Kiara e no Bigodes. A Kiara está há 1 mês em casa da minha filha para se refugiar das constantes tareias da Mimi. Mas cortar as unhas da Kiara só consegui quando ela tinha 2 meses e 3 meses. Depois disso não deixou mais.

    Aliás, eu já sou conhecida pela Crazy Cat Lady e a cortadora oficial de unhas de felino :)

    Obrigada por esse blog e miaus

  11. Marcia Sousa permalink
    26/06/2014 9:26 PM

    Uma dica: pra que não role estresse dos meus peludinhos no momento de cortar as unhas, faço isso quando estão em sono profundo. Facilita bastante. Eles nem percebem a minha presença e do cortador. Kkkkkkkk

Trackbacks

  1. Como educar gatos (e outras dúvidas sobre felinos) « Diário de dois gatos
  2. Corta ou só lixa? « Diário de dois gatos
  3. Saiba como educar seu gato « Diário de dois gatos

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 928 outros seguidores

%d bloggers like this: