Skip to content

Antena

13/03/2011

Há algum tempo, uma leitora do blog me escreveu arrasada, contando que seu gatinho tinha morrido – segundo ela, foi morto por um vizinho. Não conheço a Clarina, que mandou o e-mail, e não conhecia o Antena, o gatinho que morreu com só quatro meses. Mas putzzzzzz, a dor na mensagem era enorme (não consigo mais imaginar minha vida sem a doçura de Manjar e Mingau!).

Em solidariedade à Clarina, que é de Itatiba, em SP, posto aqui a foto do Antena (tinha só a ponta do rabo branca, daí o nome). Infelizmā, é tudo o que dá para fazer. :\

Por Juliana

Anúncios
23 comentários leave one →
  1. Viri permalink
    13/03/2011 10:57 PM

    Minha solidariedade também…. perdi 8 gatos, não sei o que aconteceu com eles, mas tenho muitos vizinhos (a grande maioria) que não gostam de gatos e deixam comida com veneno…. conheço bem a tristeza que ela sente….. mas ela passa, e dá lugar a uma lembrança boa =D

    bjsssss
    * ps: Mingau e Manjar são LINDOS!

  2. Gabriela Gonçalves permalink
    14/03/2011 2:07 AM

    Todo mundo que tem ou simplesmente ama gatos sempre leem esse tipo de notícia com um nó na garganta e dor no coração.

  3. Márcia permalink
    14/03/2011 8:30 AM

    Podem ter certeza… a natureza responderá… aquele que mal faz aos animais, um dia pagará.
    Minha solidariedade a todos que já passaram por este terrível momento. Hoje em dia, não tenho mais gatos justamente por causa dos meus vizinhos…
    Felizmente há este blog para eu visitar e ver estes dois gatinhos maravilhosos! Beijos para todos vocês!

  4. permalink
    14/03/2011 9:31 AM

    Muito triste. É isso que acontece com animais que não são protegidos pelos donos. Ter um animal não é só fazer carinho e dar comida, a gente precisa se preocupar com a segurança dele. Se o animal tem acesso à rua, está exposto à maldade das pessoas, corre o risco de se machucar, de ser atropelado, etc. Os vizinhos não são obrigados a gostar dos nossos bichos e muito menos a tolerar que eles entrem na casa deles. Se o animal é nosso, ele tem que ficar na nossa casa. Enquanto os donos não forem responsáveis, os coitados dos bichos vão continuar sofrendo e morrendo bestamente.

  5. Amanda permalink
    14/03/2011 11:29 AM

    Não acho q a culpa seja dos donos. Por mais q cuidemos não podemos simplismente priva – los de seus costumes rotineiros de dar uma escapada por aí. A solução eh a castração, porém considero um meio um pouco doloroso ao animal e em algumas situações naum inibem o gato d sair por aí. É uma situação difícil, meu gato não é castrado pq já é adulto e o vet explicou q pod naum resolver, mas se eu tiver outros castrarei enquanto foram pekenos, apesar d achar doloroso e tal, ainda é melhor q deixar os pobrezinhos perderem a vida por aí. Mas, não dá p sair culpando os donos, acredito q a dor da dona do Antena seja imensa e q ela o protegeu o quanto foi possivel.

    • Monica permalink
      14/03/2011 1:03 PM

      Oi Amanda!
      Concordo com você: não dá pra culpa os donos, afinal, a gente faz o máximo que dá.
      Mas acho que você deveria rever essa decisão de não castrar seu gato. Castração não é uma forma de evitar que os animais saiam de casa; castração é para evitar que eles tenham filhotes. Imagine quantas gatas seu gato deve encontrar quando vai para a rua… imagina quantos filhotes ele deve “produzir”… filhotes, que se forem de gatas de rua, vão ficar na rua como a mãe. E mesmo que sejam de uma gata com casa, corre o risco de os donos dela não querem os filhotes, e jogá-los na rua.
      Claro, o gato é seu, e a decisão é sua. Mas lembre-se: se não castrá-lo, você também é responsável pelos filhotes dele…

    • Mariana permalink
      26/03/2011 4:17 PM

      Olá!

      Pois é, o unico problema de pensar dessa forma, é que enquanto vc acha legal eles sairem por ai, eles estarão sujeitos a todo tipo de maldade……
      Tbm acho q a dor mto maior do q a da castração é ver minha gatinha dando cria por ai a váriooos gatinhos q ficaram na rua, sem ter comida, um teto, um lar e sem a oportunidade de serem felizes…Lamentável….Me dói mto mais ver bichinhos abandonados na rua…..
      Lugar de bichinho é dentro de casa!!!
      Se formos pensar assim, nenhuma mulher deveria operar não é vdd? Vamos todos ter 8,9 filhos,que ficaram jogados na rua como os gatos, certo?…..
      Fico pensando uma coisa só…Será que qnd vcs tiverem filhos adolescentes e ele acharem legal e sentirem a necessidade de dar um rolê por ai de madrugada, vcs vão durmir tranquilas???…..

      Graças a Deus minhas duas lindas gatinhas são castradas, vacinadas, moram numa casa com tela, tem bastante comida, atenção, carinho, amor e estão protegidas…..E sabe de uma coisa? Duvido vcs conhecerem bichinhos mais felizes do que elas, que brincam o dia todo!!!! O melhor de tudo é que eu posso trabalhar, dormir, sair tranquila, pois sei que minha casa é segura e qnd eu voltar, elas estarão lá, esperando por mim….
      Elas merecem!!!!!!!!!1

  6. Amanda permalink
    14/03/2011 7:53 PM

    Pois eh tbm penso nisso, mas é difícil como o vet msm já disse por ele ser adulto e tal… mas não descarto a possibilidade d castra – lo naum. TÔ sempre pesquisando e lendo sobre o assunto pq moro em cidade pekena e todos os veterinários q conversei tem uma opinião e meio diferente d fazer a castração, isso acaba me deixando c mais medo ainda de fazê – lo e li tbm q um gato castrado vive beeeeeeeem mais q um naum castrado e eu amo demais meu bb p ficar apenas uns aninhos c ele. Essa semana vou conversar c o vet dele mais uma vez, dependendo…. =] Juuu, pod contar depois como foi a castração dos seus bigatos? se foi c anestesia local, local e geral, se deu ou naum pontos… pq como eu falei kada vet aki tem um método diferente d fazê – lo. Quem tiver gatinhos castrados por aí tbm e quizerem me ajudar: amanda-caroliny-rr@hotmail.com Como eu disse no outro post acho meu doloroso ao animal, mas pod poupa – lo de muitas outras dores piores. Vlw genteee!

  7. Márcia permalink
    14/03/2011 8:49 PM

    Não concordo que a culpa é dos donos. Cada um é cada um, mas na minha opinião, antes de mais nada, é preciso deixar que os animais sejam animais e não “enfeitinhos” presos dentro de nossas casas. Acredito que nenhum dono gostaria que seu animalzinho morresse. O problema é que não se pode controlar a maldade de certos humanos que se dizem seres… Assim, como não confio nos meus vizinhos, não sou a favor da castração e não acho certo deixar os animais presos, prefiro não ter os bichinhos. Sinto muita falta de ter animais de estimação, que para mim são muito mais, fazem parte da família. Minha solidariedade à Clarina, que tenho CERTEZA, amava e fez de tudo para proteger e ver seu gatinho feliz! Ela NÃO teve culpa! Clarina, tenho certeza que o Antena foi muito feliz enquanto esteve com você e que lá do céu dos gatinhos ele te agradece por tudo o que fez por ele. Muita força para você! Abraços.

    • Mariana permalink
      26/03/2011 4:22 PM

      Olá1

      Acho tão errado a gente pegar um bichinho de estimação e achar que os outros são obrigados a cuidar deles…..Meus vizinhos não são obrigados a gostar de gatos e tolerar os meus no quintal dele…Além disso, jah que somos contra a castração, deveriamos ser tbm contra a laqueadura e a vasectomia, portanto, vamos todos procriar por ai!! Afinal, se td bem os gatinhos ficarem jogados na rua, pq crianças não podem tbm certo??
      As pessoas as vezes esquecem q o ser humano não é nada mais do que….um animal!

  8. Amanda permalink
    14/03/2011 8:57 PM

    Éah minha gente. O trem é difícil viuuu.

  9. Katia permalink
    15/03/2011 10:07 AM

    Amanda e demais pessoas com dúvidas em relação à castração,
    Meu gato foi tirado da rua e castrado quando tinha mais ou menos 2 anos (de acordo com análise do veterinário), o que para um gato não é velho, mas tb não é mais nenhum bebê. Não sei se seu gato é muito velho Amanda? Mas o meu não teve problema pós-cirurgico nenhum, reagiu muito bem. Até mesmo pq em gatos machos a castração é muito mais fácil, nem pontos eles precisam levar. E acredito que não deve doer nada não. Primeiro pq eles são anestesiados e segundo, pq como não levam nem pontos (os machos), não devem sentir aquela dorzinha pós-cirurgica. E mesmo que sejam fêmeas…se sentirem, deve ser uma dor comparavável a uma cesariana?? Não vejo nenhuma dor tão grande que impeça a castração, afinal eles não serão cortados a sangue frio, sem anestesia.
    O problema em não castrar é que cada vez mais o número de filhotes abandonados aumenta e por consequencia, temos monte de gatos de rua, sofrendo com doenças, fome, sede, maltratos e isso sim, na minha opinião, é que é uma dor tão grande a qual nenhum gato deveria ser submetido!
    Ah sim…tb ja levei 3 gatinhas para castração e cuidei delas depois da cirurgia. Dão um pouco mais de trabalho que o macho, mas não é nada demais…nada que exiga um esforço muito grande. E hoje estão todas muito bem!!

  10. Amanda permalink
    15/03/2011 10:35 AM

    Katia, o meu está com três aninhos e realmente, há dores piores, o meu msm perdeu a visão em uma briga d rua ou levou uma pedrada por aí, não sabemos ao certo, daí q saiu a questão: castrar ou naum? Mas vou conversar c o vet dele e ver se tomo uma decisão definitiva. Obg!

  11. 15/03/2011 1:33 PM

    Pipou, só queria dizer que estou orgulhosa com o nível dos comments. Todo mundo dando sua opinião sobre casos polêmicos na maior finesse, o que super não é o caso na internet. Adoro!

  12. Amanda permalink
    15/03/2011 5:42 PM

    rsrs
    No fim das contas, na verdade, naum adianta os nossos esforços e nem nd p proteger nossos bichinhos enquanto houverem pessoas cruéis e covardes q tem coragem de maltratar um ser indefeso. Depois os racionais somos nós, seres humanos. =/
    Fika aki meu sentimento de revolta, q deve ser o msm q a mãe humana do Antena deve estar sentindo tbm.

    Bjos!

    • luipinheiro permalink
      23/03/2011 12:22 PM

      se seu gato não tem acesso a rua, não há maldade que o atinja. vc prefere o que? chorar e achar que o mundoé uma merda ou manter seu gato seguro?

  13. permalink
    15/03/2011 8:43 PM

    Não duvido que a dona sofreu quando perdeu o gatinho. A questão é que o sofrimento (tanto do gato quanto o dela) poderia ter sido evitado. Em um mundo perfeito, os bichos e as pessoas poderiam andar na rua sem problemas. É importante perceber que não vivemos nesse mundo. No mundo real os gatos que vivem soltos se ferram. Apanham, pegam doenças, são atropelados, chutados, envenenados. Basta ler os comentários desse post para confirmar isso. Diante da nossa triste realidade, é nossa obrigação cuidar dos nossos gatos e não deixar que corram riscos. Eles parecem espertíssimos, mas nem sempre conseguem se safar da maldade humana. 😦
    Sobre a castração, ela serve para controlar o número de animais abandonados, prevenir problemas de saúde e aumentar a expectativa de vida dos peludos. O gato não sente dor, até porque é anestesiado. A recuperação é tranquilíssima e super rápida quando a cirurgia é bem feita. Já acompanhei muitos peludos, inclusive os donos do blog, e nenhum teve problema. O importante é escolher um veterinário competente.

  14. Márcia permalink
    15/03/2011 8:55 PM

    Juliana, mãe dos bigatos… coloca umas fotos novas dos bigatos! Adoro vê-los aqui no blog e ler o que vc escreve! É sempre muito divertido e faz nossos dias mais leves e felizes! 🙂

  15. Juliana permalink
    22/03/2011 10:05 PM

    Olha, concordo com a Dê. Eu adoraria deixar meus gatos passearem por aí, mas se eu tiver que privá-los de andar pela rua para evitar que eles sejam torturados, atropelados ou envenenados, é isso que eu vou fazer, até porque eles não podem sentir falta de uma rua que eles só conhecem de dentro da gaiolinha quando vão à veterinária. Não acho que a culpa seja dos donos se eles tenham alguma incapacidade mental ou sejam ingênuos demais, mas a partir do momento que você SABE que seu vizinho odeia gatos ou que você SABE que mora do lado de uma avenida movimentada onde pessoas morrem atropeladas (quanto mais gatos) ou quando você SABE que coisas ruins acontecem com gatos nesse mundo, não adianta se surpreender depois que algo assim acontece. Eu até acho que os donos podem ter boas intenções e acham que é melhor permitir que seus gatos aproveitem a vida mesmo que ela seja curta (assim como tem gente que abusa do corpo porque prefere viver intensamente a viver tempo demais), mas daí a dizer que a culpa foi de todo mundo menos de si mesmo é absurdo, até porque gatos não sabem do que “humanos” são capazes. Donos fazem escolhas e tem que aprender a viver com elas. Eu escolhi ter meus gatos presos mas seguros e tento compensar a falta de liberdade com carinho e atenção. Outros donos escolheram outras coisas e também tem que aprender a se responsabilizar pelas conseqüências do que acontece. Eu sinto muito pelo Antena e por outros gatos com finais semelhantes (e sei que os donos também sentem, bem mais do que eu), torço para que um dia os gatos possam passear sossegados por aí, mas espero, do fundo do coração, que as pessoas pensem melhor antes de colocar bichos dentro de casa, porque coisas assim acontecem e você tem que se responsabilizar não apenas por você, mas pelo seu animal.

  16. permalink
    23/03/2011 11:02 AM

    Sabia que não poderia ter achado uma mãe melhor para os meus branquinhos queridos… 🙂

  17. luipinheiro permalink
    23/03/2011 12:20 PM

    gente, é bem simples. se vc ama, vc tela sua casa. meu sonho é que um dia eu não tenha mais que ver e/ou participar de uma discussão como esta. as pessoas que têm filhos se preocupam com a segurança deles, colocam telas, contratam babás, não os deixam sair sozinhos nas ruas. não entendo pq com animais deve ser diferente.
    um gato que tem acesso a rua vive em média 5 anos. um gato que vive seguro em casa, vive 20 ou mais. e aí, o que vc prefere?
    sugiro que vcs trabalhem numa ong por um mês e vejam o que acontece com gatos que sofrem maus tratos nas ruas e repenseus suas opiniões. gato gosta de segurança isso sim. pq sim, els correm não só rico de serem mal tratados por pessoas bizarras, mas podem ser atropelados, podem se enganchar em uma lança de portão, podem se perder. é simplesmente inaceitável.

  18. 09/04/2011 7:57 PM

    Clarina,
    Só posso imaginar a dor que vc está sentindo. Peguei minha gata – Pérola – há uns 7 meses, e já ñ consigo me imaginar sem ela. Difiícil consolar alguém q passa por isto, mas o certo é que, se há um céus dos gatos, Antena certamente estará lá olhando para vc e super agradecido – e feliz – por tudo o q vc fez por ele. Conforte-se em saber de todo o amor e carinho q ele recebeu de vc durante a vida.
    Erga a cabeça e toque em frente. Tenho certeza de q o Antena gostaria q vc saísse por aí se divbertindo, entrando em caixas e arranhando sofás, e NAO ficasse triste e cabisbaixa, ok?
    Beijão! Torço pra q vc supere o + rápido possível a perda.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: