Skip to content

Como escolher um veterinário?

03/09/2011
A ameixa do Manjar apresentou alterações na sexta à noite

A ameixa do Manjar apresentou alterações na sexta à noite

Puta missão difícil – tanto que o título deste post tem uma interrogação. Os bigatos têm dois anos, um ano e meio comigo, e já passaram por três veterinários.

A primeira é a Dra. House: dizem que sabe tudo de gatos e eu realmente acredito. Mas é grossa, rolou sintona zero entre a gente e o consultório dela é uma caverna. Aí fui para a Dra Pet, de quem eu realmente gostava muito, mas nunca resolveu o problema do Manjar. Para completar, o veterinário novo disse que o antibiótico que ela dava para meu gato que nem mamadeira poderia tê-lo deixado cego. Ce-go, o Manjarzinho olho de céu. Mudei de casa e escolhi o novo veterinário (ele ainda não tem apelido, sorry) por conta do pet shop do qual ele é dono – um lugar realmente muito bacana, super bem estruturado. Ele está cuidando da coceira do Manjar, que realmente melhorou, mas ontem o bichinho cagou sangue. SANGUE. E eu, que liguei para o veterinário de manhã, estou há horas esperando um retorno que não vem. Cool.

Aí fui para o Google atrás de pistas sobre como escolher um veterinário. Achei aquelas coisas super genéricas. Até tem umas dicas boas, mas eu quero a resposta fácil, sabe? Tipo: esse é o Deus dos veterinários, vá até ele e todos os seus problemas se resolverão. Tem esse?

Qual sua dica para escolher um bom veterinário? Os comentários estão aqui para a gente criar o maior banco de dados de dicas sobre o assunto ever. 😉 São dicas: nada de fazer propaganda (nome, endereço e telefone) do seu veterinário de estimação, ok?

Bônus 1: Enquanto eu terminava esse post, o veterinário ligou e amenizou minha angústia. Vou levar uma amostra de cocô de Manjar (uma ameixa?) e segunda-feira eles farão um exame para ver do que se trata.

Bônus 2: a primeira alternativa de autocompletar que aparece no Google para “como escolher” é “uma melancia”. Depois vem “uma profissão”, “um smartphone”, “um tablet” e “vinho”. Ou seja: as pessoas estão mais interessadas em escolher a melancia certa do que a profissão certa – os veterinários inclusive.

Bônus 3: Esse post é dedicado à Rebeca Vieira, que foi fofa e me mandou um e-mail com sugestões de bons veterinários quando escrevi que Manjar tava coçando.

Ansioso na busca pelo veterinário ideal, Mingauzinho come

Aqui você encontra mais dicas sobre gatos

Por Juliana

Advertisements
86 comentários leave one →
  1. Glorimar Araújo permalink
    03/09/2011 2:25 PM

    em que cidade você mora? Caso seja em Belo Horizonte, tenho uma boa indicação de veterinário.

  2. María permalink
    03/09/2011 5:00 PM

    Procura tratar os gatinhos com vet que seja homeopático/a, porque a medicina homeopática e tb a fitoterapia sao menos agressivas. Reiki tb ajudará nesta situaçao. Acho que ele está estressado como as mudanças e suas ausências. María, economista, Ciudad Autónoma de Buenos Aires

  3. 03/09/2011 5:12 PM

    Pra mim, as seguintes coisas são importantes.

    – Ver como o veterinário lida com o bicho. Eu não espero que o gato demonstre afeto (ele está numa situação que detesta muito), mas presto muita atenção em como o veterinário os trata.

    – Minha relação com o profissional. Preciso ir com a fuça da pessoa e ela me passar confiança (warning: isso fez com que, segundo o novo veterinário, eu desse para Manjar várias vezes um antibiótico que poderia cegá-lo).

    – Se gente de confiança puder indicar, melhor. Mas quem gosta de gato tende a indicar em SP a Dra. House e na caverna dela eu não quero entrar mais. 😐

    – Adoraria saber qual a faculdade fez e que o profissional se formou com nota dez em tudo. Mas não falaria: “oi, esse é o Manjar, esse é o Mingau, qual sua faculdade?”

    – Tem que resolver, claro. A Dra. Pet resolvia tudo temporariamente, mas eu achava que era assim mesmo (ele tem esse staphylococcus, que ataca sempre que a resistência cai. A vida é assim…). Hoje não insistiria tanto tempo num veterinário. Tem que resolver.

    Que mais?

  4. 03/09/2011 5:13 PM

    Ah, também quero um veterinário que faça meus gatos viverem pra sempre. Tem esse?

  5. Viri permalink
    03/09/2011 7:55 PM

    oi Ju!
    Também tenho gato, no caso uma gata, e passo pelo mesmo dilema. Moro em SJC, meus felinos (já tive vários) iam em uma vet muito boa, porém um belo dia descobri q ela havia se mudado para a Africa (!!!).
    Atualmente, levo minha felina em um veterinario muito bom, do tipo que prefere ver seu animal saudavel e nao te ver, a receber uma graninha razoavel para tratar de alguma doença. Isso pra mim foi importante!
    Gosto de veterinários que dão atenção aos meus bichinhos, que examinam com atenção, e que fazem o possivel (e o impossivel) pela saude dos meus gatos. Ah… me tratar bem tambem!
    Quanto a achar um que faça meus gatos viverem para sempre, qdo achar me avisa… minha gata já tem 11 anos…. rsss
    bjs

    • 04/09/2011 9:20 PM

      Te aviso, podeixar! 😉

    • Vanessa permalink
      23/03/2015 11:07 AM

      “Viri” eu tb sou de SJC e tenho uma gatinha de 1 mês e meio e adotei ela tem 2 dias!!! Me passa o end do seu vet… não conheço ngm 😦

    • Ana Carolina permalink
      05/03/2016 8:52 AM

      Também sou de SJC. Estou com um gato com esporotricose. Me passa, por favor, o contato do seu vet.

      Quem mais for de Sanja, podem me ajudar?

      Grata
      Ana

  6. 03/09/2011 7:58 PM

    é muito difícil fazer estas escolhas mesmo, é igual escolher médico para gente.
    A primeira coisa é ter referências de pessoas conhecidas e de bom senso.
    A segunda coisa é saber sua experiência, pois ele pode manjar muito de cachorro e nada de passarinho, ou seja precisamos ver qual é o público que ele atende e se tem alguma especialização ajuda. Pessoalmente eu gosto de veterinários que fazem algum trabalho social ou que possuem animais de estimação de preferencia adotados, pois demonstram preocupação com os animais.
    A terceira é a forma com que ele trata nossos animais, se ele for super carinhoso é uma benção mas as vezes ele pode ser apenas sério e mesmo assim competente. Eu tenho um veterinário do RJ que trata minhas cachorrinhas e que pouco brinca com elas, mas sempre acerta no que faz e tem vários cursos e experiência, então embora ele seja meio seco eu adoro pq confio e sei da sua honestidade. Acho que ter empati acom a gente ajuda bastante.
    Em uma primeira consulta presto atenção se ele examina o gato inteiro, se pergunta sobre sua alimentação, vacinas e comportamento. Ele tem que fazer um bom exame fisico e saber todo o histórico do gato. Gosto que ele tenha fichinhas do gato de forma bem completa e que seja uma pessoa que ouve o que falamos, mas não precisa concordar com as besteiras, sendo firme na sua conduta.
    Atualmente moro em SP, passei por dois veterinários, na verdade gosto dos dois. Um é mais velho e tem sua clinica, foi aonde castrei meu gato Shake. Ele tem na clínica vários cachorros e no apto tem 2 gatos, um deles adotado. A outra é mais nova, mas possui bastante experiência com gatos, pois trabalha junto a uma Ong de adoção de gatos, atende em casa. Não tenho queixas de nenhum dos dois. A vantagem da última é ela vir em casa, então stressa menos o animal. Se quiser te passo os nomes dos meus vets de estimação.
    Espero ter ajudado. Beijos

    • 04/09/2011 9:23 PM

      Ah, verdade. Também tem essa: gostar e entender do SEU bicho. Porque quem tem uma iguana deve passar por um drama parecido, até pior, né? Os vets que fui pareciam todos gostar de gatos, mas já fui num pet shop que a menina deu banho nos dois gatos (bi-gatos) sem falar uma palavra com eles. E me perguntou 30 vezes se arranhavam. Ela odiou dar banho neles, eu odiei ela. E assim acabou nossa história.

  7. seraquesousoeu permalink
    03/09/2011 8:39 PM

    Juliana, há tempos acompanho a coceira do Manjar e até já te escrevi sobre isso, pois uma das minhas gatas tinha o MESMO problema. O primeiro veterinário (também estou no terceiro!) chegou a coginar AIDS FELINA – imagine meu pânico!
    Bom, o terceiro veterinário foi quem achou a solução para o problema das feridas (com buracos na pelagem) e coceiras: pomada DERMOLENE:
    http://www.ourofino.com/saude-animal/pets/gatos/produtos/dermatologicos/dermolene-creme.html
    Espero que ajude!!
    Bjs.

  8. 03/09/2011 8:46 PM

    pOxa, Juliana, corei! obrigada pela dedicatória, mas não precisava, é um prazer ajudar! Mães de gato unida,s jamais serão vencidas!!!

    sobre a escolha do vet, realmente, é uma das tarefas mais difíceis. eu cheguei a conclusão que o principal é ser especializado em gato e o tempo de experiência com gatos. por que reparei que 98% dos vets só entendem de cachorro =( e gato não é um cão menorzinho, mas outro animal completamente diferente.

    sobre a indicação, além da dra house, tem aquela que eu comentei com você que atende em casa e lembrei de outra excelente de uma clínica especializada em gatos – só a consulta da última é bem salgada!

    ah, o problema de coceira da billie que só a dra house curou era o mesmo do manjar. na época, tenho QUASE certeza que usamos Panalog http://www.petcentermarginal.com.br/product.aspx?idProduct=0044868 sou totalmente a favor da automedicação, mas não consigo dar nem antipulga para os meus gatos sem perguntar ao vet. então, se der, pergunta sobre essa pomada ao vet.

    para finalizar, não estou aqui para fazer propaganda sobre a dra house, você não é a 1a a falar isso e nem está errada, mas a estranheza com o jeitão seco dela diminui com o tempo de convivência e também quando você vê quanto trabalho de voluntário ela faz – ali também bate um coração.

    • Érica permalink
      04/09/2011 3:15 PM

      Eu optei por ficar com o vet indicado pela ONG de onde adotei os bichanos: além de ser competente, é perto da minha casa.

    • juliana permalink
      01/07/2015 11:25 PM

      quem é essa dra. House? estou precisando de um vet bom especialista em gatos tb! bios

  9. Adrina permalink
    04/09/2011 8:50 PM

    A minha principal dica é não hesitar em procurar outra opinião. Em setembro passado a Tarsila começou a apresentar feridas pelo corpo todo, fizemos um monte de exames e nada. A gata ficou totalmente sem pelos, quase morreu pelo menos 3 vezes e ficou quase 6 meses tomando corticóide a fio. E eu achando que a vet sabia o que tava fazendo. Num momento de desespero pedi uma indicação de outro vet e em pleno carnaval fui lá. Após uma boa examinada e minutos de silêncio angustiante, veio o diagnóstico: pênfigo foliáceo. Fizemos o exame pra confirmar, e batata!!! Hoje ela está totalmente recuperada. E pensar que a vet antiga sugeriu até sacrificar a pobrezinha.
    Enfim, a história com a Tarsila me ensinou o seguinte: não confiar demais. Hoje levo os gatos numa clínica tipo hospital, com médicos de várias especialidades. No início achei estranho, tava acostumada com “médico de família”, mas agora acho legal. Tem uma vet especializada em felinos. Ela é a primeira a atender os gatos, mas dependendo do caso ela encaminha para outro especialista, como no caso da Tarsila, que é atendida por uma dermatologista. Lá tem uma megaestrutura, e o preço não é tão mais caro que outros lugares. Acho que vale a pena pela tranquilidade que eu tenho. E elas são super atenciosas, ligam perguntando dos gatos, mandam e-mail, o atendimento é bem bacana

    • 04/09/2011 9:20 PM

      pênfigo foliáceo? Daí vc desmaiou antes de saber o que era, né (não vou nem procurar no Google para não começar a ver os sintomas nos bigatos)? Putz, acho mesmo importante isso de não confiar muito. Tudo o que a gente quer é poder confiar, mas justamente aí pode estar o perigo — acho que vacilei com Manjarzinho e não quero fazer de novo. Como assim quase morreu 3 vezes? Tarsila guerreira!

      • Adrina permalink
        07/09/2011 12:14 PM

        penfigo é sério, uma doença auto-imune, não tem cura mas tem controle. Só que as feridas causavam uma infecção muito grande, e a vet enchia a Tarsila de remédios que não curavam porque não atingiam a doença. E foi por causa da infecção que ela quase morreu. Hoje a gente olha pra ela e nem acredita que ela passou por tudo isso

    • Fabi permalink
      22/07/2013 10:46 PM

      Olá, boa noite. li seu post e queria o endereço da tal clínica. A gatinha da minha mãe tem uma coceira horrível nas orelhas, fica despelada e ninguém deu conta da doença e do tratamento ainda. Beijo, Fabi

    • 17/07/2016 12:55 PM

      Eu tbm quero o endereço da tal clinica, por favor!

  10. Ju Gaspardo permalink
    05/09/2011 8:44 AM

    Ai Ju! Espero que o Manjarzinho melhore logo e que não seja nada demais. Eu tenho doi amigos veterinários, e sempre que tenho um pepino, ligo e peço opinião – ambos moram em outras cidades, mas daí já vou ao médico meio informada. Eu dei sorte com o vet das minhas gatinhas, achei tb sem querer, pq ele é o médico de uma pet shop perto de casa. Levei, testei, fiz umas buscas e estou com ele até hj. Moro no Alto da Lapa, caso seja fácil e queira o contato dele, me avisa que te passo 🙂
    Bjs e boa sorte pra vcs!

  11. permalink
    05/09/2011 9:22 AM

    Ju, eu não confio em nenhum veterinário. Podem me chamar de louca, mas o tempo me deixou confusa em relação a esse tema. De todos os que eu conheço (não são poucos!), o que mais me agrada é um que aparentemente não mede esforços para ajudar os nossos bichos. Quando você chega lá, você vê que ele trata os bichos com carinho e delicadeza. Além disso, ele não é um imbecil com a gente. Ele sabe como falar as coisas, o que atenua muito o nosso sofrimento quando as notícias são péssimas. Quem trabalha atendendo pessoas precisa saber lidar com elas, né? Eu não levaria o meu filho a um pediatra que fosse grosso comigo. O House do seriado só pode ser daquele jeito porque é um gênio e porque vive na ficção. Apesar de preferir esse que eu comentei, continuo sempre com o pé atrás, até porque ele também comete erros e pode esquecer de fazer uma coisa ou outra. Alguns consultórios são um perigo porque têm bichos demais e muitos deles estão doentes. Se o lugar não for limpinho, você pode levar o Manjarzinho só com coceira e ele pode sair com brindes nada agradáveis… O gênio dos gatos no Brasil, pelo que me consta, é um cara chamado Dr. Archivaldo Reche Jr., conhecido como Dr. Valdo. Nunca levei nenhum gato até ele e não sei como a coisa funciona, só imagino que ele deve cobrar caro. Se for caro e resolver, ok. Felizmente até hoje nenhum dos meus gatos ficou doente. Se/quando ficarem, provavelmente tentarei meu vet ‘favorito’ e, se não funcionar, correrei para o tal Valdo sem nem pensar no preço final.

    • 12/09/2011 10:55 PM

      Ô, jamais te chamaria de louca! Anotado o nome desse doutor aí. Dei um Google nele, tá bem cotado — se bem que, no fim, é só o contato que dirá se ele é o que a gente espera, né? Beijos

  12. 05/09/2011 2:27 PM

    Oi Juliana! Então…é mesmo dificil “acertar a mão” na escolha, tem mtas variáveis.

    Vou te falar de minha experiência: logo que peguei a Petit na rua levei correndo no vet mais proximo, que foi a Cobasi.

    Particularmente não achei lá essas coisas, mas como era emergencia, serviu apenas para avaliação superficial. Bom, não recomendo pois até acredito que os (as) vets de lá gostem de animal, mas tenho duvidas com relação a QUALIDADE desses profissionais, até pq no passado já tive um problema com minha cachorra, que foi tardiamente diagnosticada com cancer, e provavelmente se tivessem notado antes, não precisa sofrer como sofreu. Ela já faleceu há anos.

    Voltando à minha gatinha: logo depois dessa 1a passagem pela Cobasi, obviamente procurei outra opção pois aquela foi apenas uma solução de emergência. Começei a leva-la na vet que minha mãe leva minhas cachorras (minhas filhas caninas). Dei algum crédito a ela pois ela diagnosticou cancer (de novo!) em uma das cachorras rapidamente, que hoje faz tratamento e é constantemente monitorada.

    Ela é seria e talz, mas é o jeito dela pois trata com o maior amor todos os bichos que recebe na clinica, e a Petit nunca fica brava com ela….até que me prove o contrário, ela tem atendido minhas expectativas, explicando tudo sobre gatos (afinal é meu 1o bichano), como cuidar, faz monitoramento, etc

    Ela fica em SP, no Butantã se interessar, posso passar depois o contato dela. Acho que a consulta é uns R$ 70,00

    Espero ter ajudado!

    bjss e boa sorte com os bigatos

  13. 05/09/2011 5:38 PM

    Gente, acho complicadissimo isso. No começo eu levava a ALice numa vet perto de casa. Ela a tratava com mto carinho e tal, mas era mto careira. Sério. Toda vez que eu ia vacinar a Alice eu nao saía de lá pagando menos de 90 reais. Claro que eu sei que o vet tem que cobrar e tal, nao quero que ninguem trabalhe de graça, mas ela cobra umas três vezes mais que qualquer vet que eu conheça. Ai, qdo adotei a Bella, a ONG me indicou uma outra vet, também perto da minha casa e que, descobri depois, era a vet do cachorro da minha sogra. Lá fui eu com a Bella tomar as vacinas e tal. Ela cobra um preço normal, trata o bichinho bem, mas é uma figurinha difícil, tipo, toda vez que eu ligo ela nunca esta e sempre tenho que esperar um tempão. Ate no dia da castração da Alice ela marcou 10h e apareceu 12h45. E queriam que eu largasse a gata lá. Eu nao tenho coragem, então fiquei esperando a vet para poder dar a anestesia, esperei a Alice dormir e ai sim eu fui embora. Podem me chamar de exagerada, mas nao largo minhas gatas sozinhas no vet. Elas ja ficam bastante assutadas de sair de casa comigo, imaginem sozinhas no vet??

    Essas coisas me deixam um pouco chateada com a vet delas, mas ainda as levo lá, por falta de conhecer outro melhor. Eu queria um vet que eu soubesse que posso contar numa emergencia, por exemplo e que posso confiar. Será que é pedir muito??

    Ah, e um que faça minhas filhas viverem para semrep seria o ideal!! rs

    Bjs

    • 12/09/2011 10:58 PM

      Putz, aconteceu algo parecido aqui de desencontros. Eu marquei uma consulta na minha casa com o veterinário, porque é um puta estresse sair com o Manjar. Ele fica mal, mesmo, e se eu puder evitar, fico feliz. Aí o veterinário veio, ok. Liguei para marcar o retorno e, adivinha? É no consultório! Porra, ele acha o gato só estressa na consulta, não no retorno? :\ Vou lá amanhã, mas não gostei na-da dessa historia (até porque paguei cara a consulta, crente que a visita estava embutida). Veremos.

  14. Marcia permalink
    05/09/2011 7:07 PM

    Oi, Ju, só agora tomei conhecimento do sufoco com o Manjar. Espero que já esteja tudo sendo resolvido. A minha Filipa fez cocô com sangue vivo, quase morri…. Temos uma clínica veterinária só para gatos em uma cidade próxima. Me atenderam por telefone mesmo e o diagnótico era infestação por parasitas, que um bom vemífugo resolveu em 24 horas… As doutoras são muito gentis. Procure por http://www.gatomania.com.br , se são caras, nem sei, só quero a saude das meninas. Até agora tem dado certo. Acho que não recusariam atender um telefonema seu, uma vez que estamos no ES.
    bjos a todos, melhoras!

  15. 06/09/2011 11:58 AM

    Ah, esqueci de mencionar: A vet da sminhas gatas tbm me deu uma resposta outro dia que eu não curti: eu falei que a Bella as vezes fazia xixi fora do lugar e perguntei se ela achava que tinha que fazer algum exame ou s epoderia ser psicologixo, ja que ela so fazia no meu coberto, se eu estivesse perto, e ela é muito grudada em mim. A Dra. faloiu que era psicologico, que ela queria me marcar como territorio dela para Alice nao chegar perto. E sabe o que ela sugeriu?/ Que eu a repreendesse 9ate ai tudo bem..) e que prendesse a gata. Eu, prender minha gata que esta fazendo isso justamente porque me ama demais?? Minha gata que foi abandonada nas ruas quando ainda era bebê?? Nunca na minha vida!! Agora ela parou com isso e será castrada hj (por essa mesma vet, mas que castrou minha outra gata e a cirurgia foi otima), mas se ela continuar vou procurar um tratamento com florais, homeoparia, nunca prender a gata!! Por essa e por outras que eu nao confio cegamente nesta vet. veja bem, para cirurgia acredito que ela é ótima e tem um bom coração, pois ajuda muuito os bichinhos da ONG, mas esse tipo de conselho me deixa com o pé atrás, naõ tem jeito.

  16. 06/09/2011 12:07 PM

    oi Laura,
    usa o feliway (difusor) que ajuda MUITO nessas questões de comportamento. como faço lar temporário, meus gatos ficam bem incomodados, mas depois do feliway as coisas melhoraram muito lá em casa.
    Uma pergunta: qual era o objetivo de prender a gata??
    bjo,
    Rebeca

    • 06/09/2011 1:49 PM

      Poie é Rebeca, nao entendi ate hj o motivo de prender a gata, ate porque pra nao sair falando um monte de m*** na cara da vet, eu fingi que nao ouvi o que ela falou. De lá para cá a Bella melhorou, nunca mais fez xixi fora do lugar. Tenho certeza que é uam questão comportamental, porque ela nunca fez em nenhum outro lugar e fazia só quando estava perto de mim. Mas prender a gata (seja la o que for que ela quis dizer com isso) não resolve, so traumatiza mais o bicho que já sofreu muito na vida por abandono! É aquele negocio, a vet parece ser boa, pelo menos com as cirurgias, até porque até hj as minhas bebês nunca ficaram doentes, com exceção de um cocô com sangue da Bella, que a primeira vet (a que cobra absurdamente caro) erou e não soube curar, me receitou um emédio que nao resolveu e a Vet atual resolveu rapidinho. Sei lá, ela parece boa vet, mas essa história de “prender agata” ainda ta entalada na minha garganta. Fora que é mais fácil encontar o Papa do que ela lá na clínica!

      Obrigada pela dica, Rebeca! Cotinuo na busca do vet ideal, ano que vem quando for vacinar as meninas vou levarem outro bem conhecido aqui na cidade, ver o que dá! rs

      bjs

    • 12/09/2011 11:00 PM

      Prender pra usar aquela gaiolinha que tá lá encostada, né? Tadinha da gaiola, se sentindo super inútil! Vamos colocar a gata dentro para “estar dando uma utilidade”. Meu!!!

  17. Celia permalink
    06/09/2011 5:18 PM

    Sei lá, sempre tenho a sensação de que os veterinários são todos formados pra cuidar de cachorro…
    Já passei por vários deles…
    Fico sempre de olho no modo como examinam, tocam os bichanos, por aí já dá pra ter uma idéia. A melhor vet que tive foi uma que também amava gatos e tinha os seus próprios…mas durou pouco ela se mudou não sei para onde. Torço para os meus só irem ao vet tomar vacina! mas como nem sempre isso é possivel, fico sempre com a pulga atras da orelha e não penso duas vezes para consultar uma outra opinião.
    A Lilica tinha sempre um problema, e quem descobriu a causa foi eu mesma. Observei que o problema só aparecia qdo eu usava aquele remedinho pra pulga que coloca na parte superior do pescoço, mas antes disso os vets deram muitas injeções e remédios pra ela.
    Quando parei de usar o antipulga, o problema acabou!
    Eles ficam testando os bichinhos, e parece que se acertam é na sorte!

    Saúde ao Manjar.

  18. 06/09/2011 7:37 PM

    Gente, muita dica bacana. E um monte de desabafo também. #curtomuito 😉

  19. 07/09/2011 10:51 AM

    ju, concordo com vc e com a maioria dos comentários aqui.
    quando mia veio morar com a gente, arrumamos uma vet ótima no itaim que criava gatos (maine coon, a moça era chique!), e foi ela que trouxe o tico até nós (na época, ninguém sabia que ele era surdo, só era um pobre felino abandonado). nos demos sempre super bem, até mudar de bairro.
    por conta do seguro de casa, tinha direito a uma famosa clinica aqui no cambuci. diagnosticaram bem o problema do billy, o gato da minha sogra (quase 20 anos – olha só, highlander total), que tem sopro no coração e toma remédio todo dia. também cuidaram bem dos últimos dias da duda, irmã do billy, que tinha todos os problemas felinos do mundo por conta da idade (renal, hérnia, tumor e catarata). até aí, tudo bem.
    quando envenenaram o pip, o filhote preto que achamos na rua, deu tudo errado. foram negligentes, pouco atenciosos e deixaram a bomba estourar no hospital 24 horas da mesma família, onde o pequeno se foi.
    dias depois, falando com alguns amigos do bairro, descobrimos que o vet que cuidou do pip era famoso pelas barbeiragens com cães e gatos no bairro, notadamente com gatos. sabe como é, filho da dona? por isso, vale mais a pena pegar o carro e voltar pra ótima vet do itaim.

  20. 08/09/2011 8:22 PM

    Querem mais desabafo? Aí vai: Minha Bella foi castrada dia 06/09. No dia seguinte nao queria comer, ficou o dia todo amudada, vomitou, um horror!!! Liguei varias vezes no cel da vet (afinal era feriado e pior: Aqui em Santos é mega feriado, já que hj 08/09 tbm é feriado aqui) e advinhem? Cel desligado!!! Eu ja estava entrando em desespero, nunca tinha visto a Bella tão mal! Aí tive a sorte de encontrar uma amiga vet que mora em Porto Alegre na internet e contei sobre a Bella: diagnóstico: DOR!!! Pq a vet dela não prescreveu nada para a dor! Duas gotas de dipirona dissolvidas em agua resolveram o problema, em menos de uma hora ela estava comendo e agindo normalmente!! Não preciso nem falar que nesta clinica minhas filhas nao colocam mais a patinha, né? Tadinha da minha filha, bicho tbm sente dor, né?? E a gente que é leigo fica desesperado de ver o bichinho mal e nao saber o que fazer… sem contar o descaso do cel desligado, como ela faz uma cirurgia no dia anterior e no outro simplesmente desliga os telefones, nao me prescreve nada para a gata e nem passa o tel de outro vet de confiança dela, caso ela fosse viajar?? Fiquei passada!

  21. 09/09/2011 3:34 PM

    tenho dois gatos e o meu tb tem coceirinhas e perca de pelo, mas tenho um problema pior: os dois são igual tigre qdo tiro eles de casa, sinceramente não tem como levar eles em nenhuma clinica, na ultima vez que tentei vacinar meu gato me machuquei inteira (pelo despreparo da vet) que tenho cicatrizes até hoje!! No fim anestesiou o pobre do meu gato para dar a injeção, ele se machucou também um horrorrrrrrrrrrr…. conseguir achar uma que fazia atendimento a domicílio, que ama gatos e cria, porém ela tb não soube ter as manhas de pegar meu gatão, mas olhando de longe ela disse que ele estava com alergia a pulga e a cura pra coceira e machucados que ele tinha no corpo era comprar todo mês aquelas ampolas, de preferência as melhores como Advanced. detalhe que eles nem saem de casa, mas as pulgas vão aparecendo e realmente melhorou muito depois que passei a controlar mais isso! Mas meu problema é a vacinação, esse ano até agora não fiz nada, tirar eles de casa nem pensar 😦

    • Adrina permalink
      14/09/2011 9:03 PM

      Eu tenho um gato diagnosticado com alergia a pulga, ele lambia tanto o pelo que ficou com a barriga pelada. Também passamos antipulgas por 5 meses e aspirador de pó todos os dias, ajudou muito. Agora eles não tem uma pulga sequer, e o pelo do Neruda tá voltando a crescer. Outro produto legal que eu usei é o My Pet spray para ambientes – pode passar em tudo, e não é tóxico. Gosto de passar nos cafofos difíceis de limpar, tipo em cima do guarda-roupa. Também dá pra deixar a roupa de cama deles de molho em água salgada, que desidrata os ovinhos das pulgas

    • 17/09/2011 11:37 PM

      Minha gata é bem braba assim também, consegui encontrar uma veterinária que encontrou um jeito de vacinar sem ninguém se ferir: levo a gata na casinha (aquelas de tecido e espuma, pra carregar gato) e chegando lá, a ajudante da dra. abre um pouquinho o ziper da casinha, enfia um monte de toalhas até prender a gata no fundo e a dra. vacina a danada através da telinha de proteção da casinha. Só assim consigo mantê-la vacinada, mas examinar… não tem como não.

  22. Vitor permalink
    09/09/2011 5:37 PM

    Olá, a Yuki (que adotamos da AUG e é irmã dos seus bigatos), tem o mesmo problema com coceiras, estamos tentando trata-la com floral agora. Tbm já escutei algumas teorias veterinárias difíceis de concordar…

    As vezes melhora, e quando achamos que vai passar, lá vem ela coçando td de novo…
    Se encontrar uma solução aviso, pois como são da mesma familia, deve ser o mesmo problema (e quem sabe solução)….

    • 12/09/2011 11:07 PM

      Oi, Vitor. Você já escreveu, sim, fiquei surpresa com essa coincidência (ruim) entre os bichos da família. Olha, aqui a coceira passou com um remédio manipulado — amanhã teremos retorno no veterinário (que consulta em casa, mas faz o retorno no consultório. Uhu!). Mas não confio num final definitivo, só o tempo dirá. Meu conselho é: não dê Bactrin, pois, segundo o veterinário, esse é o remédio que pode causar cegueira em gatos. E foi esse que o Manjar tomou que nem mamadeira por causa da coceira. :\
      Um abraço e tudo de bom pra Yuki, irmã dos bigatos. 🙂

  23. Camila permalink
    19/09/2011 5:44 PM

    oi, adoro blog e é visita diária obrigatória! Moro na alemanha e tenho dois felinos, um com 9 anos (bebe) e outra gatinha (amy, em homenagem a amy winehouse)abondanada pela mae gata por ser bem mirradinha de 10 meses, e vou te dizer que o mais importante pra mim é o comprometimento do profissional… nao sei quanto a voce, mas eu fico em uma agonia do tamanho do mundo quando tem alguma coisa errada com eles e o veterinario que eu escolhi é aquele que fica 15 minutos após o expediente dele pra encaixar meus gatos em uma consulta, que elogia a beleza deles e que mantem um historico detalhado sobre eles… essas seriam as minhas dicas pra voce, boa sorte 🙂

  24. 03/10/2011 12:36 AM

    Olá!
    Tenho dois gatinhos sendo que um deles tem rinite crônica (dó).
    Recomendo 100% Dr. Valdo. Especialista em gatos da USP.
    O consultório dele chama Vetmasters!
    Bjos!
    Helena

  25. 12/10/2011 1:38 PM

    Para tratar dos meus gatos o veterinário tem que ser especialista em felinos. Assim como não levaria meus gatos num vet de animais de grande porte ou de animais silvestres, tb não levo em “vet de cachorro” (são essas figuras que prescrevem medicamentos contraindicados para felinos ou em doses exageradas, que usariam num cão de pequeno porte, por ex, como se gato fosse apenas um “cachorro pequeno” e não uma espécie diferente, com fisiologia e metabolismo próprios).
    Quem não mora em grandes centros urbanos e não tem acesso à especialistas em felinos, tem que procurar algum que pelo menos se mantenha minimamente atualizado. Uma dica para perceber se o cara é um bundão e não leu nada desde que se formou, é perguntar onde ele aplica a vacina. Só tiozinho que parou no tempo ainda aplica vacina no dorso ou na nuca. Veterinários atualizados aplicam nas patas (não só vacinas, mas medicamentos injetáveis em geral. Pesquisem por “fibrossarcoma felino” no google). E ler muito sobre felinos, assim vc pode questionar o profissinal e evita ser feito de bobo.

  26. Arthur permalink
    10/03/2012 5:03 PM

    Alguem poderia me dar uma luz, ou uma dica por onde posso ou devo começar? Agoro gatos, tanto que tenho 3 em meu apartamento… o mais velho que tem 2 anos e meio estava aparentemente com infecção de urina e levei a um médico vet. que inclusive é professor do curso de veterinária… pois bem… ele deu pro Rhandú uma dose de 1 e 1/2 comprimido de doze em doze horas de 50mg de enrofloxacina… só depois que fui pesquisar na internet percebi que a dose recomendada (inclusive pela Bayer) é de no máximo 5mg/kg, sendo que meu gato tem 7,5kg a dose deveria ser no máximo de 37,5mg. Resumindo deveria estar dando no máximo 1 comprimido por dia (50mg) e o Lazarento me fez dar 3 comprimidos por dia (150mg) e me entristece muito saber que ele ficou CEGO. Já encontrei trabalhos cintificos que comprovam a cegueira em gatos por alta dosagem desse medicamento… gostaria de saber qualquer informação sobre alguem que tenha movido uma ação contra esses criminosos que se dizem veterinários… Gostaria se alguem souber, das reais chances de ganhar uma causa dessas
    Grato pela atenção
    Arthur
    Blumenau SC
    Ps. Votei no veterinário, e o mesmo afimrou nao ter errado na dose e disse que usa a mais de 10 anos essa mesma dose em gatos e cachorros…

    • 11/03/2012 12:15 AM

      Caramba, doeu ler seu depoimento. Eu levei o Manjar várias vezes numa veterinária que dava um remédio para as coceiras dele, que não passavam. Obedeci, querendo o melhor para o meu gato. Quando troquei de veterinário (por uma questão geográfica, pois mudei de casa), o veterinário novo me disse que Manjar poderia ter ficado cego com essa medicação, que SUPER não é indicada para gatos (justamente por esse motivo). Realmente não sei como você deve agir, mas creio que esse problema é mais comum do que imaginamos.

  27. Alexandra Martins permalink
    15/07/2012 7:17 PM

    Olha pro pessoal de Brasília eu recomendo a clínica SÓ GATOS na 710 Norte, lá é ótimo a doutora Vanessa Pimentel é muito simpática, atenciosa e o melhor é que ela é especialisada em felinos, tanto é que na clinica só são atendidos gatos!! E sem falar no curriculum dela que é maravilhoso… Bom espero ter ajudado alguém!!
    Bejão

  28. 16/07/2012 2:20 PM

    Oi Ju, conheci seu blog semana passada e estou apaixonada pelos bigatos, tenho três gatos e dois cachorros todos resgatados da rua e vira-latas, sei como é difícil achar profissionais de confiança, por isso vou deixar aqui a dica dos veterinários que eu conheço e um pouco do porquê da indicação.
    O primeiro deles talvez seja um pouco longe mas é uma excelente profissional Dra. Solange Miniero Hospital Veterinário Tremembé 24h Av. Nova Cantareira 3839 tel. 2203-4951, quando eu era pequena tive uma basset, ela foi comprada e veio com cinomose, mas até ai demoramos para descobrir, isso porque nenhum veterinário diagnosticava a doença, todos a tratavam como pneumonia, quando descobrimos esse hospital por indicação de uma tia já era tarde, a doença estava avançada, mas ela fez todo o possível para que minha cachorra de apenas 6 meses vivesse seus últimos dias com menos sofrimento, e posso até dizer que ela apresentou uma pequena melhora, coisa que seria pouco provável pela idade e pelo estágio da doença, infelizmente minha Joaninha não resistiu a doença e mesmo que isso ocorrece teria sequelas, mas me sinto tranquila por poder ter proporcionado a ela um final menos. Mais ou menos um ano depois de eu ter pego minha atual cachorra da rua a Layla, ela continuava a ficar sempre doente hora era o ouvido, hora problemas no pêlo, sempre com algum pepino, levei em vários veterinários nunca uma solução, era sempre medicada melhorava daí a um mês aparecia outra encrenca, resolvi então juntar dinheiro e lavá-la até a Dra. Solange que diagnosticou um tipo de doença imunológica, em pouco mais de um mês ela estava finalmente saudável como todo bom vira-lata; o ambiente do hospital é bem agradável a clínica tem suporte para exames e internação, infelizmente tive que deixar de levar meus pets lá pois a distância da minha casa é muito grande (moro no sapopemba) e o preço é um pouco salgado e agora com 5 animais pesa mais no bolso; uma coisa que me fez gostar muito de lá é que eles não praticam eutanásia, ela oferece o melhor tratamento para seu bichinho nunca desistindo da vida dele como foi o caso da Joaninha.

    Outra opção é a Clínica Veterinária Center Dog: Rua Coronel Joviniano Brandão, 627 Moóca tel. 2274-3632/2272-4119 também tem suporte para exames e internação, esse eu descobri por sorte, certa vez minha cachorra Layla, brincando de correr com meu outro cachorro Hugo, teve sua pata traseira deslocada depois que ele pulou em cima dela, saímos as pressas pois ela chorava de dor e não andava até pensamos que era a coluna, por sorte já era tarde e a clínica veterinária quebra-galho que eu os levo para vacinas e algum pepino não muito grave estava fechada (essa clínica eu não indico pois o serviço não é assim uma Brastemp) como já era horário de plantão passamos com a Dra. Patricia Karina, super atenciosa e que livrou a patinha dela de uma cirurgia; quando ela deslocou os tendões se romperam, e dificilmente ficaria bom sem a cirurgia ou com uma má recolocação do osso, mas ela preferiu tentar,colocou o osso no lugar e a Layla ganhou 1 mês de pata enfaixada pro alto, havia o risco de quando ela pisasse a pata sair do lugar novamente, mas graças a Deus não foi necessário cirurgia e hoje ela corre com o Hugo como se nada tivesse acontecido, outras clínicas que se preocupam com o dinheiro e não com o paciente, teriam indicado a cirurgia o que não foi o caso; eu tinha um certo “preconceito” por veterinários formados em faculdades particulares, mas essa veterinária me fez ver que a faculdade tem sua influência, mas para se tornar um bom profissional vai muito do aluno, o que é o caso dela formada pela Unip deu de 10 a 0 em muitos que eu já levei e que eram formados por públicas. Por esse hospital ser mais próximo de casa e de confiança, tenho levado meus bichos lá não foi só o caso da Layla, o Hugo teve uma intoxicação alimentar bem feia, meu gato mais velho Bolota teve uma obstrução no canal da urina e teve que ser operado.

    Esses são os veterinários que eu tenho para te indicar de todos a Dra. Solange é a minha preferida, pela experiência profissional e pela sua habilidade em lidar com os animais(ela foi a única pessoa que conseguiu segurar um dos meus gatos, que não é nada fã de colo, sem que ele se contorcesse ou quisesse sair ,parecia que ele se sentia acolhido, seguro e entendia que ela só estava ali para ajudá-lo) pelo modo como ela trata dos animas você vê nos olhos dela o amor pelo que faz e sempre nos passando uma paz, ela é a minha preferida, não que a Dra. Patricia seja ruim perto dela, não mesmo ela é uma excelente profissional e para provar já salvou a bicharada de umas boas, é que por tudo que eu vivi com a minha basset e a convivência de tantos anos com essa veterinária sempre faz com que eu a recomende. Espero que não tenha ficado muito confuso eu não sei escrever tão bem como você só queria deixar a indicação destas duas médicas que provaram fazer jus à profissão.

  29. Roberta bouchardet permalink
    06/11/2012 8:23 PM

    Olá, sou novata com gato, adotei um que foi deixado na área das lixeiras do meu condomínio há 6 dias e estou gostando muito das dicas, pois não me preparei com antecedência para a chegada do gatinho. Já tenho duas cadelas também adotadas e por incrível que pareça, está dando tudo certo entre elas e o gatinho Tales. No primeiro dia o levei na mesma vet que vacina e que castrou minhas cadelas. Mas também não vou apenas nela e ela sabe. Como moro em cidade média, Foz do Iguaçu, no interior do Paraná, não temos tantos especialistas. No caso da minha cadela Pedrita, que tem vários probleminhas, também tem vários vets. Essa que é geral, um ortopedista, inclusive viajei para outras cidade para operar a pertinho dela que tem luxação e mAis uma homeopatia querem em casa tratar da alergia dela. Minha dica é essa, se seu animalizando tem problema de pele e não tem uma doença específica que cause o problema, a homeopatia pode ser a saída. Demora, mas dá resultado, e é melhor do que encher de corticóides, que só vai trazer mais problemas depois. Outra coisa que foi um sonho, é que até a alergia da Pedrita melhorou com a chegada do gatinho.

    • Roberta bouchardet permalink
      06/11/2012 8:25 PM

      Pessoal, desculpem os erros de digitação acima. Operei o olho e não vi bem…

  30. euzinhaa... permalink
    08/11/2012 8:49 AM

    ola..seu gato é lindo d+…enfin eu que ja tenho uma gata de dois anos (que ta gravida):-]e ontem encontrei um gatinho em um parque aqui perto de casa.. ele é meio preto e peludo e esta com um olhinho machucado…ele é lindisssssimo…a minha vet é mto chata….eu ate mudaria se tivesse outro aqui por perto mas é uma cidadezinha pequena e nao tem mtos vets…bjos e adios…

  31. Aline permalink
    03/12/2012 11:38 PM

    Olá, Meu nome é Aline e minha gatinha Nala de 4 anos foi diagnosticada como renal a ano atrás, quando foi castrada em setembro de 2011. Antes da castração, para estabilizar as taxas de creatinina e uréia precisamos de fluidoterapia e só então pudemos realizar a castração. Dede então como ração renal Premiatta e bebia água normalmente. Em novembro levei pra vacinar anti-rábica e quádrupla. A sorte que não tinha quádrupla na Grandvet (tijuca/RJ). Nalinha teve reação fortíssima à vacina e precisou retorna ao vet no mesmo dia para tomar um anti-histamínico e tratamento em casa de bromoprida, ranitidina e buscopan para enjoos, estômago e dor, respectivamente, por 4 dias. O vômito parou. No sábado seguinte voltei ao vet para coleta de sangue e verificação das taxas: a ceatinina está normal, mas a uréia alta. Para piorar não quer mais beber água sozinha, como bebia antes. Sábado passado demos suco de melancia via oral e água de coco durante a semana. Resultado: bebe água de vez em nunca sozinha. Colocamos mais potes de água para diversificar as possibilidades de ingestão de líquido. Comida com apetite normal. Se coça muita, se lambe muito e está muito amuada e irritadiça. O que acham? Gostaria de dar a vacina que falta, dar banho, fluidoterapia. Estou confusa e gostaria de indicação de alguma especialista nefrologista felino aqui próximo a tijuca. Algum conselho? Alguém já passou por esta experiência? Aguardo dicas de vcs amantes dos nossos bichanos. Grata desde já. Aline – malinerodrigues@gmail.com

    • paula permalink
      05/05/2013 10:06 PM

      olá nao sei mesmo qual veterinario vc frequenta mas sou estudante de veterinaria e pelo que percebi esta “coceira” tem que ter um diagnostico preciso para ser tratada corretamente, acredito que vc deveria levá-lo se possivel a um especialista em dermatologia veterinária, se quiser posso indicar um professor muito bom da minha universidade (no abc) ele atende no HV e a consulta nao é um absurdo nao, além disso existem tb os especialistas em felinos que siceramente sabem TUDO sobre esta espécie específica (posso também indicar um professor que só atende aos felinos. nos dois casos se vc quiser posso te falar os dias que tem aulas praticas no Hovet e vc ganha a consulta (se nao se importar em ter varios alunos no consultório junto e por ficar em uma consulta demorada pois o prof normalmente explica td o q faz para os alunos nota estudo na universidade metodista de sao paulo

  32. Dri permalink
    19/05/2013 1:53 PM

    Oi, só li seu post agora (2 anos depois). Adotei um gato lindo há 2 meses e ainda estou aprendendo. Eu dei muita sorte com o vet dele, embora eu pague meio caro. Mas acho sinceramente que vale. Meu gatinho estava com vários bichinhos da rua e o vet cuidou dele com muito carinho e resolveu. Acho que fundamental é um veterinario que goste de gatos. O meu vet tem uma gata e me conta muitas histórias dela, isso me passou muita confiança. Enfim, agora tenho que castrar meu gatinho, vai ser uma facada na minha carteira, mas já confio, não consigo trocar. Se quiser a recomendação me fale.

  33. fernanda permalink
    25/09/2013 1:29 PM

    Conheci o Dr Valdo muito antes dele montar a clinica na R Bela Cintra. Recomendo muito o seu trabalho. Ele ajudou vários gatos que tive. A consulta é de R$200,00, mas vale mais que pagar pouco e não resolver o problema. Outra vet muito conceituada em relação a gatos é a dra Clarissa Niciporciukas clarissa@usp.br , mas nao estou encontrando o contato (tel.) dela.

  34. monica lancha permalink
    12/10/2013 12:23 PM

    Um bom veterinário é aquele que te retorna pra falar dos exames, é aquele que te explica tudo e te dá algumas opções de tratamento boas e não só uma, é aquele que te indica pelo menos 3 locais legais pra realizar exames (e não só a clinica dele), é aquele que pede pra vc dar um retorno em x dias depois do inicio da medicacão, É aquele que se atualiza cientificamente pelo menos a cada 2 anos.

  35. Amanda permalink
    04/01/2014 8:46 AM

    Tambem passei por 3 vet com meus meninos (e eles so tem 3 meses)
    A primeira: careira, deu pouca atenção e nao detectou q eles tinham sarna! sarna!
    O segundo: foi indicado, passou 3 dias de vermifugo para tratar a giardiase do meu bebe que tinha nem 2 meses…vemifugo…para tratar uma doença provocada por protozoário…sério…adeus figado do meu bebe…eu sou biologa, devia ter desconfiado maaas….nao deu certo ne!
    A terceira foi indicada tambem…ela tem uma clinica especifica para gatos é longe da minha casa mas eu vou ate la feliz
    Primeiro pq o ambiente da clinica ja é perfeito pra eles…silencioso e limpo…
    segundo pq ela trabalhou durante 17 anos na suipa (instituição que cuida de animais abandonados no RJ) entao ela conhece todas as perebas que existem
    terceiro pq ela é super atenciosa, calma e carinhosa
    quarto pq ela explica tuuuuudo, mostra tuuuudo, examina tuuuudo, anota tuuuudo
    quinto pq ela fala cmg pelo whatsapp! para saber como eles estao, passar resultado d exame….
    Enfim, eu amo minha vet…pena q nao posso fazer propagando dela aqui 😦

    • 11/09/2014 12:00 AM

      Amanda, pode me enviar o nome de sua veterinaria? Estou a procura para os meus gatos… obrigada (ellengasperini@gmail.com)

    • Lais permalink
      04/10/2014 4:01 PM

      Qua é a vet Amanda? Ela é no RJ? Estou louca procurando um bom veterinário para gatos, pq tenho dado muito azar, e meu gatinho esta precisando de um diagnostico mais preciso urgente, e ja levei em dois que nao sabem o que fazer 😦

    • Viviane permalink
      07/10/2014 2:55 PM

      Amanda, por favor pode me enviar o contato dessa vet vwsantos@gmail.com. Obrigado

    • Marilia permalink
      01/03/2015 9:48 PM

      Amanda, também to precisando!! Não sei se você vai ver esse comentário depois de tanto tempo mas espero que sim🙏 meu email: mari_a.soares@hotmail.com
      Obrigada, bjs!

    • Maristela permalink
      07/08/2015 9:00 PM

      Amanda, se puder me passar o contato dessa vet, também, por favor!

    • Maristela permalink
      07/08/2015 9:01 PM

      Se puder me enviar por email: maristela_ss@yahoo.com.br

  36. Thaís permalink
    02/04/2014 9:49 AM

    Gente estou precisando de uma indicação de um bom veterinário em Belo Horizonte, para tratamento de leishmaniose. Alguém??

  37. Maria Helena permalink
    10/10/2014 10:54 AM

    gostaria de saber porque minha gata está triste e não quer comer

  38. Denise da Costa permalink
    17/11/2014 1:04 PM

    O Dr. Valdo Reche é tudo o que falam dele e mais um pouco. Realmente o melhor

  39. Marcel permalink
    29/12/2014 5:10 PM

    Acho que o principal é: um veterinário que entenda de gatos… tem alguns que trabalham com raças pequenas em geral (cachorro, gato, coelho, etc), a gatinha da minha sogra apareceu com alguns caroços nas mamas, levamos para um veterinário destes que mexe com todos os tipos de animal e deu a morte em poucos dias…. obviamente entramos em choque!!!! Corremos para uma vet especializada em felinos, somente gatos, ela não atende outros animais, simplesmente olhou e disse “nem vou falar para vocês gastarem com exames, é somente a puberdade, logo some” e isto que ocorreu esta com minha sogra até hoje completamente saudável….

  40. Marcia Mattos permalink
    23/02/2015 12:52 PM

    Oi Mães de gatos, sou exigente na escolha de veterinários pois já sofri como todas vocês e já gastei muito por nada!! Hoje quero recomendar 3 feras e maravilhosos profissionais , humanos, eu sempre faço assim, escrevo um e-mail antes , conto o ocorrido e peço ajuda e como Deus sabe o amor que tenho pela minha Lili a ajuda vem ! A Dr.a Luciana psicologa felina e comportamental atendeu em 2010 a Lili sem me cobrar a consulta, segue o link com sua clinica Dr. Gato ( só felinos em Pinheiros ) http://www.clinicasrgato.com.br/ amo tanto a minha gata que pairava um medo de castra-la e algo dar errado sabe? coisa de mãe…encontrei a melhor veterinária de SP senão so Páis, cobrou a metade do valor e tratou a Lili com o maior amor do mundo , voltei lá e ela a examinou e a Lili ficou linda sem marcas de cirurgia, Dra. Silvana Jatene, atende na Oscar Freire , Rua Oscar Freire, 2521
    fone 3088 1175 e por último Dr. Valdo o veterinário especialista em Felinos, que já atendeu a Lili duas vezes por e-mail, sem cobrar e dando a maior atenção mesmo uma vez estando de férias e em passeio pode isso?? ele é magnifico. Segue e-mail dele valdorec@usp.br
    Mães de gatos não quer dizer que porque fui atendida sempre prontamente o mesmo irá ocorrer com vocês, mas eu choro, clamo e peço sem ser chata e nem invasiva, peço um “descontinho” sim porque óbvio a consulta destes 3 maravilhosos e conceituados Vets está em torno de 300 a 400 reais, mas pela Lili faço qualquer coisa, aí vai de cada um claro!
    Espero ter ajudado, estou enviando contatos da minha maior confiança e aprendi uma coisa nestes 6 anos com a Lili, Veterinários de Pets passam remédios e muitos pois ganham comissões dos Pets que atuam, veterinários recém formados nem pensar fazem experiências com nossos bichos, fazerem os gatos que são ultra sensíveis tomarem remédios sem necessidades, pode não!!!
    Boa sorte a todas!!
    beijos no Manjar e nos outros!!

  41. Daniela permalink
    24/04/2015 4:33 PM

    Olha eu tenho uma péssima experiência com veterinários. Já passei por inúmeros. Tenho uma veterinária que é só pra dar vacina, porque ela não entende muito de gatos.. Aí passei por outra clínica SUPER CARA, e disseram que meu gatinho tinha gases. Por sorte minha mãe achou estranho e falou para eu ir numa especialista…ela fez um monte de exames e diagnosticou ele com panleucopenia felina!! E ele foi vacinado!!
    Resumo da ópera: não confio em nenhum deles, pois apesar da medicação que a última ter passado efetivamente estar melhorando meu gatinho, acho esse diagnóstico muito severo comparado com os sintomas que ele tinha (um único: estava amuado.).
    Se alguém souber de um bom veterinário (um excelente, de preferência) em São Paulo, sou toda ouvidos…

  42. Cinara De Andrade Silva permalink
    01/06/2015 3:49 AM

    Acho q o melhores vets são aqueles q tiveram uma boa formação e tem alguma especialização. Procuro sempre uma segunda opinião qdo o problema é recorrente e tento levar num especialista no problema. Se percebo q o vet fez algo de errado procuro evitar voltar nele.

  43. Kedma Campos permalink
    03/06/2015 10:50 AM

    Eu moro em CAMPINAS-SP e sou “mãe de gato” de primeira viagem… o Bentinho está comigo há menos de um mes e tem cerca de 3 meses… Alguém indica um/a bom/a veterinário/a que não seja muuuiiiitooooo caro? Gostei das dicas do post… vou me tornar leitora assidua! Bjos pra vcs.

  44. Maria do Carmo Ducco permalink
    17/06/2015 6:50 PM

    Veja o que aconteceu comigo e com minha gatinha:

    Tenho uma SRD, de cor preta, que adotei das ruas subnutrida, praticamente sem chance e hoje é a maior alegria de nossa casa. Inteligente, companheira e amiga dos cachorros. Foi atropelada e quebrou a mandíbula. Aí começou nossa cruz. Moro em Ibiúna, e levei-a a nossa veterinária, ótima, mas a mesma recomendou-nos levá-la a um especialista. Atitude decente, uma vez que tem veterinários que são generalistas (querem fazer de tudo). Levei-a a uma clínica muito conhecida, que já tinha cuidado de bichos meus com muito carinho e sucesso ( prefiro não mencionar o nome ). Levei a gata e o mesmo pediu-me para deixá-la que ia resolver o problema. Fiquei 6 dias ligando, indo e vindo e sempre tinha a impressão, que só na hora que eu chegava, ou ligava, minha gatinha era lembrada, e sempre o caso ia ser resolvido, Idiota eu, que devia tê-la tirado logo no segundo dia (dando um dia de chance ao doc). Procedimentos com anestesia geral foram feitos (2 vezes) e não resolvia. Resolvi tirar a gatinha de lá, após 6 dias que a mesma estava em sofrimento. No dia que chegou em casa, bebeu tanta água e comeu tanto, que imaginei o que ela passou lá.

    Em resumo: tive indicação até pelo mesmo de uma clinica (esta eu posso citar o nome) ODONTOVET, e fiquei muito satisfeita com o atendimento, a atenção personalizada da equipe e minha gatinha está em fase de recuperação, apesar de estar fraca, está feliz.

    Concluo que o importante mesmo é sentir confiança no profissional e sentir apoio psicológico também ao dono do animal, cuja angústia é muito grande nestes momentos.

  45. Renata permalink
    28/07/2015 7:35 PM

    Infelizmente só vi o post hoje. Tenho uma veterinária mto boa que faz atendimento domiciliar para vacinas e tratamentos simples. Para os casos mais complexos, levo meus gatos na clínica Vetmasters em SP, realmente o Dr. Valdo é fantástico. A equipe também é ótima, indico o Dr. Carlos. Eles cuidam dos felinos com amor, respondem e-mails durante o tratamento. A consulta é mais cara, mas vale a pena.

  46. Silvia permalink
    18/12/2015 9:21 AM

    Poderia me passar o contato da Dra House? Estou desesperada, tenho uma gatinha que está com.coceira na região.da cabeça e.já levei em quatro veterinários e nada de melhorar, pelo contrário, só está piorando. Já tratei de acaro, pulgas, vermes, otite, dei ração especial e nada de melhorar. A.minha gatinha está sem.pelos atras das.orelhas, falha de pelos nas têmporas e feridinhas no pescoço, perto da boca de tanto se coçar. Não sei mais o q fazer.

    • Bruna permalink
      02/03/2016 9:16 PM

      Também gostaria do contato da Dr. House. Não encontro por esse nome pelo google. Alguém poderia passar o contato dela por gentileza, obrigada

  47. Natassia permalink
    24/03/2016 1:37 PM

    Alguém já levou para consulta na clínica Gattos em SP (http://www.gattos.vet.br/welcome.aspx)?

Trackbacks

  1. Como educar gatos (e outras dúvidas sobre felinos) « Diário de dois gatos
  2. Saiba como educar seu gato « Diário de dois gatos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: