Skip to content

O sapato cor-de-rosa

24/10/2011

20111024-144157.jpg

Manjar é meu amado filho gay. Não é de hoje que sei: os indícios ficaram claros quando percebi que ele enlouquecia com roupas, bolsas e sapatos – sendo estes últimos seus favoritos. Nada demais até aí.

Essa história ganhou outro contorno, no entanto, quando na semana retrasada voltei de uma viagem que fiz com duas de minhas BFF ao Rio. Na ocasião, me apaixonei por um par (dois, na verdade) de sapatos de vinil que tinha vários adjetivos – e barato não era um deles. Comprei (ou melhor: surtei) e, ao chegar em casa, os sapatos ficaram dentro de um saquinho, na mala que estava aberta.

Na minha ausência (ok, fui desleixada), Manjar tirou o par cor-de-rosa de dentro do saquinho e, num acesso de inveja, deixou sua marca. Não vi isso acontecer, claro, mas conheço bem meus filhos para saber o autor do ataque.

20111024-143944.jpg

Fiquei arrasada, de verdade. Não briguei (adianta brigar com gato?), mas também não quis falar com Manjar até o dia seguinte. E ele se ligou, porque também ficou longe de mim até eu engolir o choro. Alê, que viu que eu fiquei chateada mesmo, falou que ia tentar resolver a situação. E segue um trecho do e-mail que ele enviou à Alice Disse, para saber se eles podem consertar o sapato.

“… quando chegou a São Paulo um dos gatos dela simplesmente resolveu dar umas mordidas no par de sapato rosa que ela tinha comprado e não tinha usado (como de fato não usou até agora). As mordidas do gato invejoso deixaram umas marcas visíveis na superfície do sapato, por isso gostaria de saber se existe alguma forma de conserto…” Tem como não amar? 🙂

Eu e Manjar fizemos as pazes no dia seguinte e, agora, todo sapato só existe dentro do armário lá em casa. Mesmo assim, posso dizer que a situação não teve a me-nor graça. :/

20111024-144501.jpg

Update: A Alice disse me ofereceu um desconto na compra do novo par. Mas preferi usar o modelo mordido – que, conformada, passei a chamar de exclusivo. Valeu, Manjar.

Por Juliana Cinderela

Anúncios
10 comentários leave one →
  1. Érica permalink
    24/10/2011 2:36 PM

    De doer o coração!!!!!

  2. Gabriela Gonçalves permalink
    24/10/2011 2:38 PM

    Nico já me deu um prejuízo meio assim também…

    Acordei no meio da noite com um barulho enorme no quarto: Nico tinha derrubado meu netbook de cima da escrivaninha. Perda total, nunca mais ligou nem nada. Meu netbook não tinha completado nem 4 meses de uso, e já partiu pro céu dos pcs.

    Engoli a mágoa e voltei a dormir.

    E não, não adianta reclamar com o gato.

    =/

  3. 24/10/2011 4:13 PM

    É isso nos arrasa, mas como já falaram: não adianta reclamar com o gato.
    Agora mesmo cheguei em casa sentei no computador e a Juju, a louca por colos, já se apoderou do meu, só que quando olho pra minha calça novinha e cara ( comprada num surto momentaneo) toda furada e esgarçada pelas unhas da Juju. Chato!
    BEijos e boa sorte com nossos anjos destrudores.

  4. permalink
    24/10/2011 8:00 PM

    Omg!!! 😦

    Eu amo meus gatos, mas fico mto puta qdo fazem alguma asneira. O que me deixa mais irritada é qdo a Glorinha arranha o saco de areia. Deixo por segundos no chão até levar para o lugar certo e a infeliz já dá um jeito de transformar a sala em praia… Grrrrrrrrr…

  5. Celia permalink
    24/10/2011 9:02 PM

    De doer…
    a gente acaba se munindo de maiores cuidados,pq brigar…realmente não adianta.

  6. Adrina permalink
    26/10/2011 12:01 PM

    Bem, os meus sapatos que foram atacados eu continuo usando do mesmo jeito, falo que é charme…

  7. 01/11/2011 10:40 AM

    Update. Ninguém na Alice Disse respondeu, mas o Alê conseguiu o contato da dona — again: ele viu como fiquei chateada com a história. Aí, claro, a mulher foi super atenciosa. Vai me dar 50% de desconto na compra de outro sapato igual, porque não dava para consertar mesmo. E ontem voltei de outra viagem e deixei a mala fechada, até ela ser desfeita. Manjar não me engana mais, nunca mais! :\ A única coisa que ficou fora foi uma sacola de papel, com a qual o pobrinho ficou se divertindo horas. Ou seja: um sapato de verniz cor-de-rosa ou uma sacola de papel é a mesma fucking thing. Gatos… 🙂

  8. 04/07/2013 9:12 PM

    Uma atualização. Outro dia eu passei um batom da Mac, todo sofisticado. Estava esperando para sair, sentei no sofá, e quem vem cheirar minha boca de Mac? A Manjar, claro. A bicha é fina: quando eu uso Natura, ele passa longe. 😛

  9. Mônica Quast permalink
    05/07/2013 9:56 AM

    Hahahahahahaha rachei agora!!!!!! “Maquiagi” só da phyna!!!!

    Sobre sapatos, roupas e outras coisas destruídas: gatos nos ensinam o desapego. Os meus me ensinaram 🙂 De qualquer forma, computadores e afins só no escritório, com a porta fechada, ou sob constante supervisão 🙂

Trackbacks

  1. Apaixogato | Diário de dois gatos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: