Skip to content

A grama do vizinho

14/11/2011

Você sabe, é claro, que a grama do vizinho é mais verde que a sua. Mingau me prova quão verdadeiro é esse provérbio toda vez que abro a porta e ele está a fim de dar uma voltinha pelo hall do nosso andar. Nessas ocasiões, seu destino certo é o capacho do vizinho (que ele não leia este blog: um capacho bem vagabundim, velho e com cara de sujo). O gato – que tem em sua varanda três (3!) tapetes de sisal comprados somente para deleite dele e de seu irmão – se joga no capacho puído da porta ao lado, ronronando e pedindo carinho. Tipo: “Ai, meu spa. Mãe, traz meus sais e coça minha barriga?” Compare abaixo:

Mingau se diverte (MUITO!) no tapete (sujo) do vizinho:

 Mingau se diverte com o irmão no tapete de sisal comprado só para eles #NOT

Por Juliana Amarela (porque verde é só o vizinho, né?)

Anúncios
17 comentários leave one →
  1. natali zarth permalink
    14/11/2011 12:48 PM

    Aqui em casa é a mesma coisa! Ai, a tara pelo corredor! A Yasmin se esgoela e a gente tem que sair com ela senão ela não para de pedir! E se esfrega nas paredes, no chão, nos tapetes dos vizinhos. Por que? Porque dentro de casa temos outros 3 gatos e Yasmin não é dominante. Fora de casa, a área é de ninguém, (tá ligado? – Yasmin “falando”), e ela vai lá deixar o cheiro dela para se sentir poderosa e reinante! rsrs

    Beijos!

  2. 14/11/2011 1:37 PM

    Disse tudo! rs..

  3. Rebeca Vieira permalink
    14/11/2011 2:20 PM

    Hahahaha
    Porque gatos adoram o que nAo é deles??
    Estou aqui em casa com um arranhador que foi doado para uma ONG, que doou para um mutirão que eu participaria. Ou seja: refugo do refugo! E o arranhador que nAo é em nada melhor que os que eu comprei, faz o maior sucesso! Vai entender…

  4. Luísa permalink
    14/11/2011 2:58 PM

    Mãe e eu rindo horrores =D

  5. 14/11/2011 3:54 PM

    Já experimentou trocar o capacho do vizinho por um dos bigatos, ein??? hahahahhah… imagina o dito cujo chegando em casa e encontrando um capacho novo e diferente na porta de casa! XD

  6. 14/11/2011 5:16 PM

    Aqui é igualzinho. É só abrir a porta do apartamento que ele corre para o capacho do vizinho ( são 4 por andar, mas tem um só que é o escolhido por ele ) e aí é só felicidade, deita, rola e arranha. Então a humana boba dele procurou um capacho igual e coloquei no meu apto ( o vizinho deve ter pensado que é inveja minha ) e sabe o que o danado fez: Nada, até dá uma arranhadinha, mas deitar e rolar ronronando de felicidade só no capacho do vizinho. Gatos vai entender!
    Beijos

  7. Cris permalink
    14/11/2011 7:19 PM

    Hahaha, são todos iguais mesmo!!!
    A Saphire adora xeretar na porta dos vizinhos, até que um dia minha vizinha abriu a porta e ela resolveu xeretar dentro da casa dela! hihi

    • 17/11/2011 2:34 PM

      Que folgada!!! Achei que ela sairia correndo! Adoro esse jeito xereta deles, de vir ver o que tem dentro da gaveta quando vc abre, tipo: “ah, tava precisando mesmo de um moletom de capuz”

  8. permalink
    14/11/2011 9:52 PM

    hahahahahahahahahaa! aposto que meus filhos adorariam se esfregar nos capachos dos vizinhos se pudessem sair! aqui é impossível, as escadas não têm porta. :/

  9. Celia permalink
    16/11/2011 1:22 PM

    ué esqueceu que eles têm o dom de desprezar tudo o que compramos “para eles” e de adotarem como seus preferidos qualquer outra coisa que encontrem pela casa?!
    Coisa de gato!

  10. Aimée permalink
    16/11/2011 7:56 PM

    Oi, Ju e Bigatos!
    E aí, o sofá tá vivo? Ainda ta funcionando o tecido? Hohoho
    Espero o seu parecer para comprar o meu novo sofá… quem sabe a minha me dá uma folga!
    E concordo com a Celia… coisa de gato mesmo trocar as coisas… Se bem que a minha não troca as coisas que eu dou pra ela pelas dos outros… ela troca as coisas que eu dou pelas coisas que são de uso da casa mesmo. Comprei um arranhador que vem com uma toca no alto e ela adotou como casinha… mas só foi comprar um revisteiro pro banheiro em formato de cesta que ela também adotou como a segunda cama dela.
    🙂

  11. Adrina permalink
    16/11/2011 8:58 PM

    É verdade, gatos amam aquilo que não lhes pertence. Ganhei uma toca da friskies, e tá destruída de tanto brincarem. Aposto que se eu tivesse comprado ia acabar no cesto de doações, como todos os brinquedos caros que já dei pra eles.

  12. Cami permalink
    16/11/2011 10:36 PM

    Achei que isso só acontecia comigo! Chego em casa, Joaquina me da aquele /ignore, passa pelo espaço minúsculo na porta e #sejoga no tapete sebento do vizinho…

  13. Mauricio Flora permalink
    20/11/2011 2:53 PM

    Visitei seu blog pela primeira vez hoje e adorei! Continue escrevendo!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: